Blog sobre futebol, voltado para as mulheres

Posts marcados ‘Libertadores’

Análise dos clubes da série A em 2010. [parte 1]

O Brasileirão 2010 chegou ao fim e teve o Fluminense como grande campeão. A última rodada foi disputada até os últimos minutos com Corinthians e Cruzeiro também brigando pelo título que acabou ficando mesmo com o tricolor carioca.

Nós do futesalto faremos uma breve analise do desempenho de cada clube da série A no ano de 2010.

Foi o primeiro ano do clube na elite do futebol brasileiro e como já era de se esperar, brigou até a última rodada para não voltar para a segunda divisão. Teve um bom desempenho na Copa do Brasil, eliminando o Palmeiras nas quartas-de-final, porém foi eliminado na semi-final pelo Vitória. Conseguiu a permanência para a série A do ano que vem terminando o campeonato em 16º lugar.

Foi o campeão de Minas e ao que tudo indicava entraria na briga pelo título do campeonato Brasileiro. Contratou bons jogadores como Diego Souza e Rever, além de um grande técnico, Vanderlei Luxemburgo, porém, nem tudo saiu como o esperado, o grande investimento não teve resultados. O Galo conseguiu se livrar da degola apenas na penúltima rodada, batendo o Góias por 3×1. Terminou o campeonato em 13º lugar.

Sem grandes estrelas e sem muita pretensão para o ano que termina, o Atlético PR fez um bom campeonato brasileiro e em momentos da competição chegou a sonhar com a tão cobiçada vaga para a Taça Libertadores da América, porém, o time Paranaense não teve forças para conseguir seu objetivo e terminou na 5ª colocação no campeonato.

O campeão Catarinense de 2010 começou bem a série A deste ano e deu trabalho para os grandes times do Brasil, porém, não conseguiu manter o pique até o fim da competição e brigou para não cair, além de ter chego nas quartas-de-finais da Taça Sulamericana, onde perdeu a vaga em casa para o Góias. Terminou o campeonato em 15º.

O clube carioca conseguiu ser campeão do Rio de Janeiro após três vice-campeonatos seguidos para o Flamengo. Contratou grandes nomes para o elenco como “Loco Abreu” e brigou até a última rodada por uma vaga na Libertadores, sem sucesso. Terminou o campeonato em 6º lugar.

Foi à sensação do campeonato brasileiro no seu inicio, ficou entre as primeiras colocações até a parada da Copa do Mundo, no seu retorno o time ficou irreconhecível, comparado ao futebol apresentando anteriormente. Terminou o campeonato em uma melancólica 12ª colocação.

Grandes investimentos para o ano do centenário, grandes ídolos do futebol Mundial como Ronaldo e Roberto Carlos, um bom time, participando do torneio mais cobiçado da América e pelos Corintianos, o maior patrocínio do Brasil e no fim… Disputará a repescagem por uma vaga na Taça Libertadores de 2011 terminando o Campeonato Brasileiro em 3º lugar. Definitivamente, o centenário para ser esquecido pela Fiel torcida.

Não conseguiu chegar na final do Campeonato Mineiro e foi eliminado nas quartas-de-final pelo São Paulo na Taça Libertadores da América. Com isso tudo o Cruzeiro começou muito mau o Brasileirão deste ano, porém, com uma grande recuperação, chegou a brigar pelo título e conseguiu ‘abocanhar’ uma vaga para o torneio Continental do ano que vem, terminando o Campeonato em 2º lugar.

Começou o ano com moral, afinal foi o Campeão Brasileiro de 2009. Chegou até a final do Campeonato Carioca, sendo batido pelo Botafogo, eliminado nas quartas-de-final da Libertadores e brigando para não cair no Campeonato Brasileiro. O Flamengo conseguiu ser o time de pior campanha no campeonato, tendo faturado o caneco do ano anterior. Ano para ser esquecido pelo time da Gávea. Terminou o Brasileiro em 14º lugar.

Continua.

@dalessia_

Anúncios

Um artilheiro diferente: Rogério Ceni o Goleiro Matador.

Na semana passada vimos o post sobre o maior artilheiro de todas as edições do Campeonato Brasileiro. Bom, vou continuar falando dos maiores, porém dessa vez não será um atacante ou um meio campista e sim, um goleiro! Isso mesmo. Vamos saber um pouco mais da trajetória do goleiro artilheiro, Rogério Ceni.

Quando falamos de goleiro a primeira coisa que vem na mente é evitar gols, a final essa é sua missão dentro de campo. Porém, alguns provaram que também podem fazer a alegria de seus torcedores marcando gols. É assim com Rogério Ceni.

Ele iniciou sua carreira jogando Vôlei, mais isso não vem ao caso. Entrou para o mundo do futebol em 1990 pelo Sinop (MT) e no dia 07/09 do mesmo ano foi contratado pelo São Paulo Futebol Clube.

No tricolor Paulista jogou no Juniores e na reserva ganhou alguns títulos, só virou titular em 1997 com a saída de Zetti (o goleiro titular foi para o Santos).

Desde então tem uma historia de dar inveja a muitos jogadores, sua trajetória pelo São Paulo é marcada por grandes conquistas, e não é a toa que o goleiro é o maior ídolo do Tricolor.

O goleiro quebrou diversos recordes, como por exemplo, o jogador que mais jogou partidas pelo campeonato Brasileiro, porem hoje vamos falar apenas sobre gols “prós”.

O jogador de 37 anos lidera o ranking da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), com 89 gols (oficiais) e 2 (em amistosos), quais a Fifa não reconhece.

Embora, atualmente seja o mais famoso dos goleiros-artilheiros, Rogério não é o único. O segundo colocado é paraguaio José Luis Félix Chilavert, que se aposentou com 62 gols na carreira, René Higuita (Colômbia) e Jorge Campos (México), vêm logo a seguir, com 41 e 40 gols, ambos não jogam mais.

Algumas Curiosidades

 

Rogério balançou as redes tanto de seu ex-companheiro no São Paulo, Zetti, quando este jogava no Santos, marcou também em seu ex-reserva, Roger, quando o mesmo estava na Portuguesa em 2000; O reserva Bosco também não escapou, quando este estava também na Portuguesa, em 2002.

O Palmeiras é o time que Rogério mais fez gols (7) (em 2002, pelo Torneio Rio São Paulo marcou um gol de falta sem chances para São Marcos), seguido pelo Cruzeiro e Vasco (5).

O ano de 2005 foi o que mais balançou as redes, com 21 gols, mesmo ano em que o time foi Tricampeão da Libertadores e Tricampeão Mundial, sendo o último gol na semifinal do Mundial de Clubes, contra o Al-Ittihad.

Em 5 jogos o Goleiro chegou a marcar 2 vezes pelo time, sendo um dos jogos pela Libertadores da América, contra o Tigres, onde o São Paulo venceu a partida por 4X0. O Goleiro é o artilheiro do time na competição com 11 gols.

Em todas as partidas em que ele marcou no mínimo um gol, o time do Morumbi só foi derrotado 2 vezes, Rogério e o São Paulo contam com 65 vitórias, 18 empates e 2 derrotas.

É recordista de minutos sem tomar gols no Campeonato Brasileiro (988).

Já está no São Paulo há 20 anos, para se ter uma idéia do tempo, o atacante Neymar que já até fez gol em Rogério nem era nascido.

Quando entrou para o time o São Paulo, que hoje é Hexacampeão Brasileiro o time na época era apenas Bicampeão e ainda não tinha conquistado a América e o Mundo.

Hoje completa 700 jogos como capitão do São Paulo.

Quando se trata de Rogério Ceni até os torcedores de outros clubes admitem o goleiro é um mito debaixo das traves. Uma máquina de conquistar títulos e quebrar recordes. O que todos agora querem saber é: Rogério vai chegar ao 100 gols?

E vocês o que acham?

Deixe seu comentário! Dúvida,s críticas ou sugestões enviem  para o email: futesalto@gmail.com ou mande um twit para @futesalto

@karoldayane

Derby Paulista morno no estádio do Pacaembu.

Ontem tivemos no estádio do Pacaembu o clássico paulista entre Corinthians x Palmeiras e nós do Fute Salto não poderiamos deixar de comentar o jogo. Além de toda a rivalidade histórica presente na partida de ontem, os dois times passam por situações diferentes no campeonato. O Timão vinha há sete jogos sem vitória e com novo treinador, Tite. Enquanto o Verdão não perdia há nove jogos.

O Corinthians ainda brigando pelo título entrou em campo com uma proposta mais ofensiva, enquanto o Palmeiras de

Bruno César vibra com o seu gol contra o Palmeiras.

Felipão, entrou para jogar no contra-ataque. O time do Parque São Jorge controlou a primeira metade do primeiro tempo, até que aos 22 minutos após forte chute de fora da área de Bruno César (artilheiro do Corinthians no Brasileiro) e desvio em Marco Assunção, o placar estava aberto. Após o gol, o Corinthians recuou muito, onde deu oportunidade para o Palmeiras pressionar, porém o Alviverde não conseguiu transformar sua posse de bola em gol.

No inicio da segunda etapa, Felipão colou Valdivia no lugar de Lincoln e o Palmeiras voltou a pressionar o time da casa, ainda sim, sem eficiência. O Verdão levava mais perigo ao gol de Julio César nas faltas cobradas por Marcos Assunção. Faltando 10 minutos para terminar o jogo o Corinthians conseguiu enfim controlar a situação e o placar não sofreu alterações.

Ronaldo e Kleber, esperança de gols para as duas equipes, pouco brilharam.

O clássico teve um ótimo publico com 32.391 espectadores.

Com esse resultado o Timão volta a brigar pelo título do Brasileirão ocupando a terceira posição, já o Palmeiras se vê mais distante do G4 e prioriza a Taça Sulamericana, caminho mais fácil para chegar na Libertadores 2011.

Na próxima rodada o Corinthians viaja até o Rio de Janeiro para encarar o Flamengo, que vem de empate por 1×1 contra o Vasco. Já o Verdão encara o embalado Atlético MG, que vem de uma bela vitória por 4×3 sobre  o Cruzeiro. O confronto entre os times de São Paulo e Minas é valido pela competição Continental.

@dalessia_

Sul-Americana, o caminho mais curto para a Libertadores 2011.

Como citado no post de ontem, o G3 do campeonato Brasileiro voltou a ser o G4. Mas o foco do Palmeiras em conseguir uma vaga para a Libertadores de 2011 está na Taça Sul-Americana.

Com 44 pontos no Brasileirão e apenas 2 da zona de classificação o Verdão volta a ser forte concorrente por uma das vagas, mas sabe que o caminho mais fácil está na competição Sul-Americana.

Nesta quarta-feira o alviverde encara o Universitário Sucre, na Arena Barueri. No primeiro jogo o Palmeiras conseguiu

Marcos Assunção, referência na bola parada no time do Palmeiras.

um bom resultado ao bater o time da casa por 1×0 na Bolivia, com mais um gol de falta do meia Marcos Assunção, que vem se destacado na equipe por fazer muitos gols de bola parada. O placar poderia ter sido mais elástico se o bandeirinha não tivesse marcado equivocadamente impedimento em um gol de Lincoln, já no fim da partida.

Outros clubes brasileiros também estão na briga como o Atlético MG, Avai e Góias, desses quatro clubes, somente o Avai perdeu seu jogo fora de casa, mas tem condições de reverter a situação atuando em Florianopolis.

Como podemos ver na tabela, a competição está “fácil”, principalmente para os times brasileiros. Se o Palmeiras conseguir manter uma regularidade no campeonato e tendo um técnico “copeiro”, quem nem o Felipão no comando do time, o Verdão tem a oportunidade de levantar esse caneco no ano e dar alegria para a torcida que a um bom tempo não comemora um título de “expressão”.

E pra vocês? Quem leva a taça?

@dalessia_

G3 novamente vira G4

Depois de muito se discutir e muito se reclamar, a Conmebol voltou atrás e concedeu a vaga que já era do Brasil (a Conmebol queria tirar uma vaga do Brasil, já que o Internacional foi campeão da Copa Libertadores de 2010).

Até ai nada mais justo do que devolver a vaga para o Brasil, já que no futebol Sul – Americano os times mais fortes são os da Argentina e os times brasileiros. Mais como a CBF não tem moral nenhuma, ainda há a possibilidade do G4 virar novamente G3, para isso, basta que um time brasileiro vença a Copa Sul-Americana (Atlético-MG, Avaí, Goiás e Palmeiras ainda estão na disputa do titulo).

Essa notícia por uma lado é muito boa, ela faz com que os times que estejam na zona de classificação para a Copa Sul-Americana como, Atlético-PR, Grêmio, Botafogo, São Paulo e Palmeiras sonhem com a classificação para a Libertadores de 2011 ( isso porque, Internacional como citei foi o campeão da edição 2010 e o Santos foi campeão da Copa Sul-Americana do mesmo ano tem vaga garantida ), ainda mais pelo fato da última rodada do brasileirão não ter sido nada boa para os 3 primeiros colocados.

Essa questão de G3 e G4 ainda vai ser muito discutida caso outro time brasileiro consiga a vaga para Libertadores através da Sul-Americana, mas isso só mostra que a Conmebol favorece os outros países ( já que algum tempo atrás os argentinos viviam situação parecida com a dos brasileiros e nada foi feito), assim como, a CBF favorece alguns times brasileiros seja por falta de afinidade como por interesse próprio.

Deixe o seu comentário sobre o assunto.

@tiagosemh

Que Clássico!

Sete gols, em um clássico de tirar o fôlego. Foi assim o jogo entre São Paulo e Santos ontem no Morumbi.

Um jogo com tantos gols só podia ter uma escalação ofensiva dos times. Ao entrarem em campo os torcedores perceberam 7 atacantes. O Tricolor Paulista entrou com, 4 homens ofensivos Lucas, Fernandinho, Dagoberto e Ricardo Oliveira, o Peixe veio com 3 escalados, Alan Patrick, Neymar e Zé Eduardo. Por sinal tivemos 7 gols na partida.

O Santos abriu o placar aos 3 minutos, após falha do goleiro Rogério Ceni que rebateu a bola nos pés de Alan Patrick (só teve o trabalho de empurrar para a rede). Mais quem achou que o São Paulo desistiria fácil enganou-se, pois aos 6 minutos Dagoberto empatou depois da cobrança de escanteio. O torcedor São Paulino viu um time eletrizante e empolgante, que quando movimentava seus 4 homens deixava a defesa do Santos desesperada.  Por outro lado a defesa deixou um pouco a desejar, pois ao sair para o ataque o time deixava um buraco na zaga, o que levava os Santistas com facilidade a área do Tricolor, desequilíbrio que deixou Arouca e Danilo livre para dar apoio ao Peixe. Mesmo após levar 2 gols ( mais 1 do Dagoberto e outro contra marcado pelo jogador Pará) o Santos não desanimou, com o Morumbi em delírios, que tinha um publico pagante de 23.791 mil torcedores o Peixe consegui empatar o jogo. Depois da saída de bola Pará se redimiu do gol contra, driblou Alex Silva e tocou na medida para Zé Eduardo marcar o segundo gol do Peixe. O empate do Santos só não aconteceu aos 45 do 1º tempo devido a Grande defesa de Rogério.

Dagoberto comemorando gol Tricolor.

No segundo tempo, Carpegiane mudou o tricolor, colocou Renato Silva para ficar na Lateral e Jean foi jogar ao lado de Carlinhos Paraíba e Rodrigo Souto, alteração que melhorou o time. Com 13 minutos Richarlyson recebeu o 2º cartão amarelo e foi expulso. Isso fez que o técnico do Santos Marcelo Martelotte, armasse o time de outra forma, explorando o homem a menos do Tricolor. O empate veio aos 26 min do 2º tempo, após cobrança de pênalti Neymar empata a partida.

Um empate estaria bom, visto o que os 2 times jogaram muito. Mas como os torcedores São-paulinos costumavam dizer em outros tempos o Jason recuperou-se e mesmo com apenas 10 jogadores virou o placar aos 48 minutos do 2º tempo com gol de Jean.

Alem de manter a chama de uma vaga pela Libertadores acesa nos corações São-Paulinos ( o time ainda tem esperanças de entrar para o G3), a vitória do clássico deu ao time confiança e a nona posição do campeonato, o time ultrapassou o Palmeiras que só empatou na rodada.

Só posso dizer que foram 90 min bem jogados e que teve de tudo, pênalti, grandes defesas, bolas na trave e ainda 7 gols. Com isso o Tricolor quer mostrar que melhorou após a contratação de Carpegiane e que durante essas 8 rodadas para o termino do Brasileirão fará de tudo para conseguir a tão famosa e tão sonhada vaga para a Libertadores.

E vocês acham que o São Paulo ainda tem chances? O que acharam do Clássico? Deixe seu comentário

Qualquer dúvida, crítica ou sugestão para o email: futesalto@gmail.com ou mande um twit para @futesalto

@karoldayane

Eles querem ser campeões?

Qual o assunto mais falado no ano de 2010? Morumbi fora da Copa? ERRADO! Caso Eliza Samudio e Bruno? ERRADO! Copa do Mundo? ERRADO! O que mais ouvimos falar esse ano foi o Centenário do Corinthians e as promessas de titulo!

Nesse Post vou falar apenas das promessas de titulo, nada de comentar sobre o possível estádio.

Alegria para uns, indiferença para outros, o fato é que junto com o centenário vieram também as promessas. E o presente que o torcedor do “timão” mais queria não veio à famosa “LIBERTADORES”. O tal sonho foi barrado pelo Flamengo que venceu primeiro jogo das oitavas de final por 1×0 e perdeu o segundo por 2×1.  Bem diferente da reação de 2006 quando o time foi eliminado pelo River Plate (o quebra-quebra lembram?) o time foi aplaudido ao sair do campo eliminado. Tudo bem fica para o ano que vem (talvez) afinal a diferença de 100 para 101 anos são apenas 12 meses! Meta de agora em diante: Brasileirão, afinal a competição garante vaga para a Libertadores da America e também é um titulo de importância para os clubes brasileiros!

Após a pausa para a copa do mundo o time voltou para a disputa do campeonato com sede de titulo, afinal estava em 1° lugar com 17 pontos.

 

Jorge Henrique e Bruno Cesar, atuais ídolos do Corinthians.

 

Na 10ª rodada perdeu a liderança para o Fluminense e de lá para cá se manteve assim, alternando a liderança com o time carioca.

No dia do tão falado centenário o Corinthians não jogou com o Vasco, pois a CBF adiou a data para a próxima quarta-feira (13/10) às 22h.

Esse jogo a menos que o Corinthians tem, passou a ser uma carta na manga, pois o Fluminense (que tem 1 jogo a mais) teve alguns tropeços. E o maior deles aconteceu na 22ª rodada onde o time Carioca perdeu para o “timão” por 2×1. O Corinthians virou líder e bastava apenas manter o mesmo ritmo, mas… Na 25ª rodada o time enfrentou o Internacional (atual Campeão da Libertadores), em um jogo eletrizante onde nos minutos finais saíram 2 gols! O Internacional saiu na frente do Corinthians, com gol de Tinga, depois de receber a bola de D’ Alessandro. Jorge Henrique marca para o Corinthians empatando o jogo. O Inter volta a ficar na frente com gol de Alecsandro e o Corinthians volta a empatar com Bruno Cesar cobrando pênalti. Aos 48 do segundo tempo, Andrezinho marca para o Inter ( vingança por 2005?). Como o Fluminense venceu o Vitoria por 2×1 voltou à liderança.

Na quarta-feira (06/10/2010) o Fluminense jogou antes do Corinthians e perdeu para o Santos por 3×0 e com isso deixou o “timão” com chances de voltar à liderança, bastava apenas vencer o fraco Atlético Mineiro… Já ouviram o ditado um dia da caça outro do caçador? Pois é ontem foi o da caça, o Galo venceu o Corinthians por 2×1.

Então pergunto a vocês: Um time que quer ser campeão  pode disputar 12 pontos e conseguir apenas 2? Isso mesmo galera nos últimos jogos o Corinthians só ganhou 2 pontos. Se vencer o Jogo contra o Vasco empata com Fluminense e quem sabe vira líder pelo saldo de gols? Mais se vacilar o time carioca toma a taça em pleno centenário, alias o Cruzeiro também esta de olho no brasileirão esse ano, então é bom não vacilar, pois quem aqui não lembra o que aconteceu com o Palmeiras ano passado? O Verdão permaneceu um bom tempo na liderança do campeonato e no final dele não conseguiu sequer uma vaga na libertadores! Quem quiser que torça para isso não acontecer (ou para acontecer)…

Fica a pergunta: Qual time tem realmente chances de ser campeão do Brasileirão 2010? Será que esse ano os torcedores do Corinthians irão comemorar o “Centenada” ?

Espero que tenham curtido. Faltou algo? Duvidas? Deixem seus comentários! Sugestões envie para o nosso email  futesalto@gmail.com ou se preferir mande-nos um twit @Futesalto

@karoldayane

Nuvem de tags