Blog sobre futebol, voltado para as mulheres

Posts marcados ‘Argentina’

Brasil x Argentina = marketing?

As duas grandes estrelas do jogo

O título diz tudo sobre o post de hoje, e sobre o jogo de ontem (quarta-feira 17/11/10) a tarde entre essas duas seleções, que com certeza tem muita bagagem. Mas deveríamos nos perguntar, o que duas seleções sul-americanas estariam fazendo em Doha, Qatar? A organização deste jogo a meu ver não acrescenta em nada a grande história deste clássico, uma vez que, este jogo tem o mesmo intuito do jogo Inglaterra x Brasil, onde a seleção que naquela época comandada por Dunga venceu por 1×0. O jogo de ontem a tarde não parecia realmente ter aquela emoção ( não necessariamente pelo futebol apresentado ), não estava realmente com cara de Brasil x Argentina e sim de “apenas mais um jogo de futebol”.

E porque eu digo isso? É obvio e explicito a intenção do Qatar de usar esse grande clássico mundial como uma grande promoção para ganhar pontos para tentarem sediar a Copa do Mundo de 2022, além é claro da renda que o jogo em si trás pelos atletas que cada seleção possui.

O clássico contou com estrelas mundiais, como Messi, Ronaldinho, Robinho, Di Maria, Higuain, Daniel Alves, entre outros.

O time do Brasil por ter um elenco mais jovem e por assim dizer “sem experiência”, não metia medo, por isso diria eu que no papel a Argentina tinha muito mais time do que o Brasil, porém, a Argentina possuía uma defesa que não é muito confiável, o que acabou por equilibrando bastante o jogo entre as duas seleções.

Depois da saída de Dunga e Cafu como capitães da seleção brasileira, não houve nenhum jogador que conseguisse organizar, acalmar e orientar o grupo de maneira satisfatória e sem a presença do zagueiro Lúcio, o Brasil não tinha um homem de referência em campo. Já a Argentina tinha um grupo mais experiente, em sua maioria jogadores que disputaram a Copa da África do Sul, tinham o homem que poderia e mudou a partida: MESSI.

A marcação em cima dela era praticamente perfeita, praticamente porque, em um lance de bobeira no meio-campo brasileiro depois de um lindo passe de letra de Lavezzi para Messi que passou por dois e chutou no contrapé de Victor, mais um lindo gol para a carreira de Messi.

O fator decisivo neste clássico realmente foi único: MESSI. Apesar do erro grotesco do Douglas, as duas seleções jogaram muito bem, principalmente no primeiro tempo. Só o que nos resta agora é  que o técnico do Brasil, Mano Menezes, consiga arrumar a seleção para o confronto contra a França no ano que vem.

@tiagosemh

@futesalto

Anúncios

Jogador + Técnico + Torcida = Futebol

O que esperar de uma partida de futebol? Tah bom, seu time jogando bem e fazendo gols, ok sempre esperamos isto, mas pra chegar à este resultado, temos que contar com os jogadores, técnico e a torcida, tudo isto em sincronia e durante 90 minutos (sem contar os acréscimos).

  • Os jogadores precisam estar entrosados, seguir as ordens do professor e darem o melhor de si em campo.

  • O técnico é o grande professor, planeja e coordena o time.

  • A torcida incentiva o time; grita, pula e apóia. 

Estes três quesitos são essenciais para o futebol arte, um depende do outro. E unidos podem fazer a diferença no resultado da partida.

Principalmente em uma partida, onde tudo pode acontecer. É bom estar atento à todos os lances (novidades) que diz respeito ao seu time.

Podemos destacar os lances polêmicos, como pênalti por exemplo. Se não for bem marcado pelo juiz acaba se tornando assunto por um bom tempo e quem perde com isto é a mãe do juiz. A torcida xinga mesmo.

Nesta quarta-feira teremos a Seleção Brasileira em campo e com certeza veremos estes quesitos no estádio Khalifa no Qatar, grandes jogadores como Ronaldinho Gaúcho, o técnico Mano e uma torcida incrível vestida de verde e amarelo.

Apesar de ser apenas um amistoso esperamos muito da seleção, esperamos ver o espetáculo (torcida) e a arte do futebol (técnico e jogador) no gramado.

@futesalto

Brasil X Argentina – Rivalidade e renovação

Não bastava ser o maior, mais charmoso e  mais acirrado derbi entre seleções do mundo. Agora o amistoso entre Brasil e Argentina, no dia 17 de Novembro, em Doha, no Qatar, ganha ingredientes especiais a mais. Para começar, as duas seleções buscam por renovação após o fiasco na Copa do Mundo da África do Sul, e nesse quesito à Seleção pentacampeã saiu na frente, apos as recusas de Felipão e Muricy Ramalho a CBF conseguiu fechar com Mano Menezes, até então técnico do Corinthians  onde conseguiu de volta o acesso a elite do futebol brasileiro em 2008 e foi campeão do Paulistão e Copa do Brasil em 2009. Enquanto a Seleção dos  bicampeões mundiais  ainda não encontrou um técnico para substituir o eterno 2 melhor jogador de futebol de todos os tempos, encrenqueiro, hilário e rechonchudo Diego Armando Maradona.

Em campo renovação também é a palavra da vez, apesar do time dos nossos hermanos contar com jovens craques como Dí Maria e Aguero, sem mencionar o atual melhor jogador do mundo (que possivelmente será reeleito pela FIFA no final do ano) Messi. Eles precisam encontrar urgentemente opções para o lugar de Verón, que apesar da bola que joga já passou da casa dos 30 anos, e Carlitos Tevês, que embora tenha idade para disputar, no mínimo, mais uma Copa já deu declarações públicas de sua insatisfação e cansaço com a carreira. Pelo lado canarinho, o desmanche será ainda maior, nomes de peso com Lúcio e Juan também já passaram dos 30 anos, Júlio Cesar é outro que acaba de ultrapassar essa barreira, mas como diz o senso comum, goleiro fica bom depois dos 30 e esse pelo que jogou nessa temporada, sendo inclusive indicado a Bola de Ouro desse ano, aparenta ter ainda mais algum tempo usando a numero 1 da Seleção Brasileira. Ao contrario de Gilberto Silva que já não tem mais condições de vestir a amarelinha, Júlio Batista é mais um que engrossa a lista de jogadores que (graças a Deus) não estão mais no planos da Seleção, Luis Fabiano e Kaká ainda tem as portas abertas, mas tem que se cuidar porque as opções para suas posições são vastas e os nomes que vem sendo chamados nessas primeiras convocações por Mano vem correspondendo como Alexandre Pato e Philippe Coutinho (sem contar Paulo Henrique Ganso, que deve se firmar como o titular da armação nesse time, mas está afastado dos gramados devido a uma contusão). Outros jogadores, embora jovens, parecem não estarem mais nos planos devido suas pífias atuações na Copa como Felipe Melo e Michel Bastos. Aliás, desse grupo que particpou daquela desastrosa campanha, quem ainda está com crédito na casa são Maikon e Daniel Alves, que completam a lista dos brasileiros indicados a Bola de Ouro desse ano (ver post “Quem ira levar a Bola de Ouro“ http://migre.me/1ToXo) além de Ramires e Robinho que estão com moral, e tem sido nomes recorrentes nas convocações do novo comandante da Seleção, inclusive na dessa partida. Ao todo a nova safra de jogadores tem tudo para vingar, nomes como Lucas, Elias, Jucilei, André Santos, Sandro, Thiago Silva, David Luiz, Rever, André e sobretudo da jóia problema Neymar podem transformar esse grupo de jovens promessas em um grupo campeão que pode fazer história. E para isso eles poderam contar com a ajuda de um certo dentuço que também já foi uma jovem promessa, chegou a ostentar o status de melhor jogador do mundo e até cogitou-se que se transformaria em um dos melhores de todos os tempos, problemas pessoais e deslumbramento atrapalharam essa escalada, mas apos um longo período afastado ele está de volta: Ronaldinho Gaúcho. É  certo, que esse Ronaldinho não é mais aquela jovem promessa de dribles desconcertantes e jogadas maravilhosas, mas tem feito boas atuações pela sua equipe, o Milan, tanto que lhe valeu essa nova oportunidade. Ronaldinho que é mais um que chegou a casa dos 30 pode disputar o próximo mundial, se manter o nível de suas atuações e não se envolver mais em encrencas extra campo. Por isso, para ele esse será um teste de fogo, e pelas entrevistas que o mesmo vem dando, ele promete mostrar o porquê foi bicampeão da Bola de Ouro em dois anos consecutivos e entrar de vez na briga por uma vaga na Seleção de Mano e colaborar com a sua experiência de ex-jovem promessa, que chegou ao topo, entrou em decadência e está conseguindo se reeguer, exemplo esse, que serviria muito bem nesse time de garotos que tanto podem fazer história na próxima Copa  no Brasil, como repetir o fiasco da edição desse ano na África, garotos que precisam entender que talento não é tudo, não é Neymar?

 

@dai_reginato

Lionel Messi

Com apenas 23 anos o argentino Lionel Messi vem se destacando nos últimos tempos como atacante.

Lionel demonstrou afinidade com a bola com apenas quatro anos de idade, em seu percurso teve algumas dificuldades, entre elas problemas hormonais que retardava seu crescimento. Fez diversos tratamentos, mesmo assim Messi nunca deixou a bola de lado. Teve grande apoio da família que apostou alto e se mudou para Europa para continuar o tratamento e ajudá-lo a realizar seu grande sonho de ser jogador de futebol.

Aos 14 anos assinou contrato com o Barcelona que o ajudou em seu tratamento e o colocou na temporada juvenil e posteriormente fez parte das seleções júnior da Argentina e Espanha.

A partir daí a equipe principal do Barcelona ficou de olho no talento do jogador, não só o Barcelona como outros times da Europa, mais o Barcelona logo tratou de prorrogar o contrato até 2014, provavelmente ira ser prorrogado por mais tempo.

No time catalão o jogador na temporada de 2008 e 2009 ajudou o time a conquistar a inédita “Tríplice Coroa” (Copa do Rei, La Liga e Liga dos Campeões).

Em 2009 o Messi foi eleito pela FIFA o melhor jogador do mundo, deixando pra trás vários jogadores, como Cristiano Ronaldo e Kaká.

Convocada para a Copa do Mundo na África do Sul Messi não marcou nenhum gol, mais se destacou nos gramados. Há comparações do jogador com o Maradona, pela sua estatura, por ser canhoto e por fazer gols parecidos com os de Maradona.

Atualmente Messi esta ajudando o Barcelona a conquistar a taça da Liga dos Campeões, nesta quarta feira o craque fez dois gols e colocou o time na liderança do Grupo D. Com esses dois gols o jogador se igualou a marca do brasileiro Rivaldo como maior artilheiro do clube catalão em competições internacionais com 31 gols marcados. Na atual temporada é o vice-artilheiro do torneio com quatro gols.

Agora falta esperar a final do campeonato e ver se o jogador leva pra casa a taça da Liga dos Campeões e o de melhor jogador da temporada.

G3 novamente vira G4

Depois de muito se discutir e muito se reclamar, a Conmebol voltou atrás e concedeu a vaga que já era do Brasil (a Conmebol queria tirar uma vaga do Brasil, já que o Internacional foi campeão da Copa Libertadores de 2010).

Até ai nada mais justo do que devolver a vaga para o Brasil, já que no futebol Sul – Americano os times mais fortes são os da Argentina e os times brasileiros. Mais como a CBF não tem moral nenhuma, ainda há a possibilidade do G4 virar novamente G3, para isso, basta que um time brasileiro vença a Copa Sul-Americana (Atlético-MG, Avaí, Goiás e Palmeiras ainda estão na disputa do titulo).

Essa notícia por uma lado é muito boa, ela faz com que os times que estejam na zona de classificação para a Copa Sul-Americana como, Atlético-PR, Grêmio, Botafogo, São Paulo e Palmeiras sonhem com a classificação para a Libertadores de 2011 ( isso porque, Internacional como citei foi o campeão da edição 2010 e o Santos foi campeão da Copa Sul-Americana do mesmo ano tem vaga garantida ), ainda mais pelo fato da última rodada do brasileirão não ter sido nada boa para os 3 primeiros colocados.

Essa questão de G3 e G4 ainda vai ser muito discutida caso outro time brasileiro consiga a vaga para Libertadores através da Sul-Americana, mas isso só mostra que a Conmebol favorece os outros países ( já que algum tempo atrás os argentinos viviam situação parecida com a dos brasileiros e nada foi feito), assim como, a CBF favorece alguns times brasileiros seja por falta de afinidade como por interesse próprio.

Deixe o seu comentário sobre o assunto.

@tiagosemh

Nuvem de tags