Blog sobre futebol, voltado para as mulheres

Bom, hoje o blog contará para vocês nada mais do que uma das, se não a maior rivalidade futebolistica do mundo. O clássico escocês entre Celtics e Rangers.

Esse jogo envolve muito mais do que “apenas” futebol, o confronto dessas duas equipes envolve religião.

O Celtic Football Club (cores verde e branco) foi fundado em 06/11/1887 por padres escoceses católicos, possui 42 títulos do Campeonato Escocês, é o único time do país a conquistar a Uefa Champions League (torneio mais importante da Europa) em 1967 e único time do mundo que conseguiu levar 114.000 torcedores da Escôcia até Sevilha (Espanha) para acompanhar a final da Copa UEFA de 2003 contra o Porto.

Já o Rangers Football Club (cores azul e branco) foi fundado em 25/05/1873 por escoceses protestantes e é o detentor de mais títulos do país com 52 conquistas. Ambos os times são da cidade de Glasgow.

O Primeiro jogo entre as duas equipes ocorreu em 28/05/1888 e teve como vitorioso o Celtic, que ganhou por 5×2. De la pra cá, as equipes se enfrentaram por  549 vezes, sendo o Rangers o que mais ganhou com 235 vitórias, contra 179 do seu rival, além de terem ocorrido 135 empates.

O jogo recebe esse nome “The Old Firm” (A Velha Firma) por misturar os “ingredientes” que citei anterioemente: futebol e religião. É por muitos considerado o jogo mais perigoso do mundo. Tanto que em 1909, em Hampden Park (estádio do clube Queen’s Park) foi a primeira vez que ocorreu a famosa “porradaria” entre as torcidas, no estádio havia mais de 60.000 pessoas e em uma briga morreram 180. Em 1931, em mais uma “A Velha Firma”, o goleiro do Rangers teve seu crânio quebrado após uma disputa de bola com um jogador do Celtics, isso fez com que os animos entre as torcidas ficassem ainda mais exaltados.

Como a hegemonia de títulos da Escócia fica entre os dois clubes, a população crê que esses dois times acabam aumentando a violência, pois em dia de “The Old Firm”, basta ser católico ou protestante para se posicionar em algum dos lados.

O clima esquentando entre as duas equipes.

No ano de 1989, o time dos Rangers tentaram acabar com a segregação religiosa dos dois times e contrataram o ex-jogador e artilheiros do Celtics, Mourice Johnston. Porém, tentativa frustrada, pois, o jogador e sua familia recebiam várias ameaças dos torcedores dos dois clubes. Os alviverdes ameaçavam por dizer que ele era um “judas” e os os azuis e brancos por o jogador ser católico, acabou que Mo Johnston deixou o clube e se exilou no estados Unidos.

Esse trecho retirado do wikipédia, define muito bem o porque desta rivalidade política-religiosa:

O Rangers é um clube no qual boa parte de seus torcedores é devota do Anglicanismo, ou seja, seguidores político-religiosos da Rainha do Reino Unido. Sua torcida traz uma grande bandeira, onde está pintado o rosto da Rainha Isabel II, a atual líder anglicana, além de venerarem o UVF (grupo terrorista protestante do Ulster) e costumamente portarem bandeiras do Reino Unido nos jogos.

O Celtic, por sua vez, é o clube predileto dos escoceses de religião católica e dos irlandeses e descendentes residentes na Escócia, tendo milhares de torcedores entre os católicos das duas Irlandas. Sua torcida exibe uma bandeira alviverde com o retrato do falecido papa João Paulo II, costumando portar bandeiras da República da Irlanda e da Escócia. Os mais extremistas também exaltam o IRA (grupo terrorista católico).

Definitivamente, futebol, política e religião são assuntos que não se discutem. Esta ai um bom exemplo disso.

@dalessia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: